terça-feira, 26 de julho de 2016

Preta Gil deixa delegacia após depor sobre ataques racistas na internet Delegada responsável pelo caso disse que o próximo passo é a quebra de sigilo dos usuários: 'Já encontramos a página desse grupo'


Após denunciar ataques racistas sofridos no Facebook, Preta Gil seguiu para a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, localizada na Zona Norte do Rio, onde prestou depoimento na tarde desta terça-feira, 26. Ela saiu do local acompanhada pelo marido, Rodrigo Godoy. Mais cedo, a cantora tinha publicado um post em que desabafava sobre os diversos tipos de preconceito que já sofreu.


Em conversa com o EGO, a delegada responsável pelo caso, Fernanda Fernandes, afirma que Preta Gil ou um representante da cantora terá que voltar à delegacia com os perfis de todas as pessoas que a atacaram no Facebook. "Ela só trouxe uma parte dos links que identificam esses perfis. Ela veio com uns oito, mas parece que são uns cem", diz.
Nos posts racistas - feitos na página da cantora - era comum encontrar a hashtag "MM", o que fez com que o grupo fosse identificado pela polícia. A delegada explica que agora o próximo passo é quebrar o sigilo dos perfis dos usuários indicados por Preta. "Nós já encontramos a página desse grupo no Facebook. Agora temos que identificar quem são essas pessoas de fato, já que elas podem estar usando um apelido. Só então vamos tirar a página do ar", afirma Fernanda Fernandes.
A delegada também destaca que ainda não é possível relacionar o caso de Preta Gil com o de outras famosas que receberam ataques racistas, como as atrizes Taís Araújo e Cris Vianna e a jornalista Maria Julia Coutinho.
Mas antes de fazer as denúncias nas redes sociais, ainda durante a madrugada, Preta anunciou em sua conta do Snapchat que seu Facebook tinha sido invadido e se revoltou com o ocorrido. "Meu Facebook foi atacado por um grupo intitulado #MM. Estou em estado de choque! Chocante! Racismo é crime. Será que eles não sabem ainda disso? O mais triste é que a maioria são crianças! Já com tanto ódio no coração", disse a cantora.






Deixe seu comentário sobre esse babado.


10 comentários:

  1. Credo, como pode no século que estamos existir almas ruins assim =/

    ResponderExcluir
  2. É triste ver que tem gente com pensamento tão pequeno .-.

    https://aninhamorando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Triste ver que tudo isso...
    Existe racismo pra tudo...
    Que horror!!!
    http://emagrecendonovoestilodevida.blogspot.com.br/2016/07/cebola-para-queda-de-cabelo.html

    ResponderExcluir
  4. verdade meninas mas o preconceito existe e esta ai.todos os dias acontece algo novo pra lembrar que ele existe sim e que nunca vai ter fim.

    ResponderExcluir
  5. Que coisa mais triste viu. Infelizmente essa é a realidade né? Preconceito entranhado nas pessoas :(

    ResponderExcluir
  6. Tenho nojo de pessoas racistas, como as pessoas insistem em ficar desejando mal e insultando as outras pessoas? Devemos sempre espalhar amor e não coisas ruins.
    Beijos

    www.blogueiramineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. É nojento saber que ainda existem pessoas Racistas nesse mundo.
    Deveriam ser exterminadas daqui.

    ResponderExcluir
  8. É lamentável isso ainda existir. Algo pra refletirmos.
    Bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  9. É muito triste ver que isso ainda acontece, não só pela época em que vivemos, mas também pelo fato do nosso país ter uma miscigenação abundante. Ninguém é melhor do que ninguém. Beijinhos estralados !!!

    ResponderExcluir
  10. Em pleno seculo 21 as pessoas são capazes de coisas tão mesquinhas, é de se lamentar e muito tudo isso!

    ResponderExcluir