segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Beleza à brasileira: novos tratamentos para cuidar da pele negra A dermatologista Katleen Conceição conta as novidades mais quentes para cuidar da pele negra


Não é à toa que a dermatologista carioca Katleen Conceição tem nomes como Taís Araújo, Cris Vianna, Preta Gil e Isabel Fillardis em uma lista de clientes cada vez mais robusta: referência no assunto, a expert faz questão de frisar a suas pacientes a importância de se manter uma rotina de cuidados associada a tratamentos pontuais. Afinal, o fato de a pele negra ser menos suscetível ao envelhecimento precoce e sensível ao sol, não impede uma maior propensão ao desenvolvimento de manchas. 

"Os maiores erros são achar que não precisa de cuidados e de filtro solar e a não indicação de laser para tratar a pele negra, principalmente as de fototipos mais altos", alerta a Dra. Katleen, que a seguir conta as novidades mais quentes e eficazes em tratamentos profissionais e em cosméticos para levar para casa. Confira:
. Em casa
"Sabonete e filtro adequados à pele (oleosa/sensível/seca/mista) e uma vitamina C à noite para melhorar a luminosidade e homogeneizar o tom da pele. Deve-se evitar veículos oleosos pois a pele negra apresenta maior produção de sebo pelas glândulas sebáceas", adverte a dermatologista, que indica o C-Supérieur Concentrado 16% Vitamina C, da RoC, o Antioxidante Sérum 10, da SkinCeuticals, o Minesol Antioxidante Serum FPS 30 e Minesol Actif Unify Tinted Mousse, ambos da RoC.
. No consultório
"Tenho utilizado muito na Clínica da Paula Bellotti, onde criamos o primeiro setor de pele negra do Brasil, o Bioestimulador de Colágeno, que melhora o contorno facial, a textura da pele, e cicatrizes de acne. Também estou usando a tecnologia laser 3D, uma plataforma que pode tratar rugas, poros dilatados, textura de pele, cicatrizes e estrias. Pode ser realizado mensalmente, mas depende de cada paciente", conta a profissional, ressaltando que, apesar de existirem tecnologias especificamente desenvolvidas para ela, todos os tipos de lasers podem ser usados na pele negra, basta que seja respeitada a necessidade de um intervalo maior de tempo entre cada aplicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário