terça-feira, 4 de outubro de 2016

De olho nas garras: leve seu esmalte ao salão, guarde na geladeira e mais dicas Fonte: Delas - iG @ http://delas.ig.com.br/beleza/dicas/2015-10-16/de-olho-nas-garras-leve-seu-esmalte-ao-salao-guarde-na-geladeira-e-mais-dicas.html

Por que o esmalte venceu antes da data de validade? O que acontece ao aplicar esmalte vencido nas unhas? Dá para prolongar a durabilidade do produto?

Você estava se preparando para pintar as unhas quando pegou o esmalte escolhido e reparou que o estado do produto não estava lá nas melhores condições. Procurou a data de vencimento, mas ainda não havia expirado. Curiosa para saber por que isso acontece?

Cuidar das unhas é importante não só por questões estéticas, mas também pela saúde. Aprenda a reconhecer quando um esmalte não está em condições proprícias para uso
Pela ANVISA, os esmaltes têm durabilidade de até três anos. No entanto, fatores como exposição a altas temperaturas ou abertura do frasco por muito tempo - colocando-o em contato com micro-organismos - podem comprometer a conservação, explica a dermatologista Angélica Pimenta.
Então, fique de olho nas condições gerais do esmalte antes de aplicá-lo: consistência espessa, textura heterogênea e cheiro desagradável são indicações de que está na hora de jogar o vidrinho fora.
Micoses e ondulações, eca!
Quando estragado, caso seja aplicado, o produto pode modificar a estrutura da unha, provocando manchas e ondulações causar micoses, irritações e alergias nas cutículas.
A esmaltação também será prejudicada quando o esmalte está vencido, causando bolhas e cobertura grosseira, como informa Natalie Prazeres, proprietária do Cosmopolish Nail Bar, em São Paulo.
Leve seu esmalte com você
Natalie afirma que nesses espaços é raro um esmalte chegar a vencer devido à alta rotatividade existente, mas a dermatologista Angélica aconselha que você leve seu próprio produto em salões de beleza ou esmaltarias.
Fungos
Os fungos estão entre os micro-organismos que podem entrar em contato com a composição do esmalte pelo ar. “Os fungos podem virar esporos e ficarem vivos por até oito horas, havendo contaminação. Isso já foi comprovado cientificamente”, explica.
Hepatite C
Em casos mais graves, componentes presentes no frasco do esmalte podem afetar a saúde da mulher. O vírus da hepatite C, por exemplo, pode ser transmitido à composição do esmalte em situações cotidianas, como ao retirar as cutículas. Com um possível sangramento e posterior esmaltação por cima da área machucada, o vírus será armanezado e poderá ficar vivo na composição por um período de até 15 dias.
Guardar na geladeira?

Diluentes podem até dar uma mãozinha, mas o método mais eficaz para prolongar o uso do produto é mantê-lo longe do calor: “Algumas pessoas optam por armazená-lo na geladeira para que o mesmo não perca a textura fluída. Com o frio, há uma demora maior na evaporação dos solventes”, explica a médica, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Já para manter a pigmentação por mais tempo na unha, a manicure Juliana Ferreira, da rede +Depil, indica que, após a aplicação do esmalte, o excesso das pontas seja retirado com algodão e removedor, evitando que o produto descasque antes da hora. Para finalizar, aposte no extra brilho de secagem rápida: “É incrível. Faz secar mais rápido e ainda protege o esmalte por mais tempo”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário